domingo, 3 de março de 2013

And the Oscar goes to...

Tá, eu sei.
Uma semana de atraso.
Mas só agora consegui assistir todos os filmes premiados e, cinéfila que sou, nao podia deixar de dar minhas impressões sobre o maior prêmio do cinema mundial, como costumo fazer a cada ano.
Não que a minha opinião seja relevante, mas adoro falar sobre diferentes histórias, lindas cenas e bons personagens.
E é exatamente disso que se trata as Aventuras de Pi. Com imagens belíssimas [não foi atoa que ganhou melhor fotografia e efeitos visuais], conta a história de um jovem que perde tudo num naufrágio [pais, irmãos e o bem mais precioso da família: animais de um zoológico] e, a partir daí, passa incontáveis dias e noites tentando sobreviver em um bote salva-vidas, junto a um tigre bengala. E a história se resume a isso, mas não deixa de ser extremamente linda.
O mesmo acontece em Amour: duas densas horas de filme dentro da casa de dois idosos, que tem seu amor testado dia após dia pelo agravamento da doença da mulher [que por sinal tem uma atuação brilhante e, pra mim, merecia o Oscar de melhor atriz].
Angustiante também a história de Indomável Sonhadora, uma menina de seis anos que luta pela sobrevivência ao lado do pai doente, em comunidade miserável isolada às margens de um rio. Porém, ao contrário de Amour, que é de partir esmigalhar o coração, Indomável Sonhadora traz um sentimento de esperança inacreditável nos olhinhos da pequena atriz Quvenzhané Wallis.
E por falar em esperança, é isso que move o personagem Pat em O lado bom da vida. Depois de um surto ao pegar a esposa o traindo, ele tenta incansavelmente reconquistar a mulher, enquanto vai percebendo que o amor e o equilíbrio que tanto busca estão mais próximos do que imagina.
Equilíbrio, aliás, é o que mais demonstra ter o personagem de Daniel Day-Lewis em Lincoln. Enfrentando a guerra Civil norte-americana, o presidente travava ainda a luta pela aprovação da emenda que acabava com a escravidão dos Estados Unidos. Tendo ele todos os holofotes voltados pela sua incrível atuação.
Também falando sobre escravidão, mas de uma forma bem mais escrachada, Django rende boas risadas e muito sangue ao estilo bem Tarantino. A fotografia também é excelente e o roteiro te prende durante todo o tempo.
Já o melhor filme, Argo, também mostra a violência, mas de uma forma muito real através da guerra entre EUA e Irã. Ben Affleck, no papel do agente Tony Mendez, arma um plano de criar um filme falso para conseguir resgatar diplomatas americanos refugiados na casa de um embaixador canadense. O filme mistura imagens reais dos protestos no país e é uma grande recostrução desse período histórico.
Por último, tenho que falar de Os Miseráveis, que me encantou demais. Sou daquelas que assistia assiste aos filmes da Disney e adora um musical. E o fato de o filme ter todos os diálogos cantados não me incomodou em nada, pelo contrário, me fazia arrepiar a cada nova cena. Principalmente levando-se em consideração que todos os atores cantavam "ao vivo" durante a gravação. Portanto, termino o post com esse vídeo [desculpem pela qualidade, não conesgui achar um melhor] do elenco do filme interpretando a canção 'I dreamed a dream'. É ou não é de se emocionar?!

9 comentários:

  1. Eu nao assisti o Oscar mas acho que deve ter sido maravilhoso haha

    Beijoos!
    http://simplesglamour.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Adoro quando você escreve sobre filmes! Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Ótimo post, Talita!
    Eu ainda não consegui assistir a todos, então estou mais atrasadinha que você. rs.

    Mas adianto que até agora o que mais me encantou e emocionou foi o Les Misèrables, que eu já conhecia, mas vendo grandes atores e vozes interpretando foi lindo de viver. Por sinal, isso rendeu até um post lá no blog também, logo depois que vi(http://www.mocinhasofisticada.com.br/2013/02/les-miserables.html).

    Adoro achar mais coisas em comum nessa blogosfera! :)

    Bisous!

    Day do Mocinha Sofisticada (http://www.mocinhasofisticada.com.br)

    ResponderExcluir
  4. Talita, gostei dos seus comentários sobre os filmes, ainda não vi nenhum.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Uhuruullll super dicas, amei o post, agora fiquei com vontade de ver tudo

    Fêfimfofum

    ResponderExcluir
  6. Eu amei este post Talita, está super bem escrito.
    Na verdade eu faço parte do clã das que ainda não conseguiu ver todos os filmes dos Óscares. Mas dos que vi, amei "A vida de Pi" e o "Les Misèrables".
    Beijos querida.
    www.laetitiasweeneyrose.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Ainda não assisti nenhum, mas estou doida para assistir as Aventuras de Pi, Os Miseráveis e Argo. ♥

    xoxo,
    @priscilafrr
    http://cappuccinoeaconta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Vi quase todos ao seu lado linda, parabéns pelo blog ta cada dia melhor!! TE AMO!

    ResponderExcluir
  9. Adorei mesmo, muito legal o post. Seguindo, beijinho! ;)

    Curiosidade na arte das unhas? Junte-se a nós:
    http://www.artperfectnail.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...